Vampires Diaries RPG
Se perca em um mundo desconhecido, cheio de mistérios, magias e perigos. Uma pacata cidade que esconde em suas avenidas histórias inimagináveis. Onde a morte, que outrora era a única certeza da vida, se torna tão duvidosa quanto os pensamentos distintos que todos escondem em seu subconsciente. Seres sobrenaturais vagam naturalmente no meio dos humanos, em uma rotina nada normal. E segredos são descobertos a cada instante.
Venha conhecer a cidade mais surreal dos Estados Unidos, Mystic Falls.

Vampires Diaries RPG


 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
A partir de agora, os Lobos evoluem de forma igual aos Vampiros, através de posts! CLIQUE AQUI
Seja bem-vindo(a), Convidado.
O MYSTIC NEWS está de volta! Se atualize!! ACESSE

Compartilhe|

Sub-Tramas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
AutorMensagem

Administração
avatar
Nome de Usuário:
Evil Queen

Mensagens : 335
Dólares Dólares : 11067
Data de inscrição : 03/11/2012
Idade : 21

Ficha Mística
Pertences:
Poderes:
Barra de Conduta:
10/10  (10/10)

MensagemAssunto: Sub-Tramas Qui 24 Jan 2013 - 18:31




Sub-Tramas



Chegou agora? Tem alguns amigos e quer se envolver na história? Aqui é o lugar certo!
Envie uma MP para Viollet Cohen Sinless e *Angel com sua trama, se ela for aceita, você poderá vê-la aqui!
Opa.. espera ai...
Quer ter algum Cannon envolvido em sua trama? Você pode! Basta enviar uma MP para quem você deseja em sua trama e dizer qual é a sua ideia, se ele aceitar, você pode inseri-lo em sua trama, e aí prontinho... Você já vai estar no meio das desavenças de Mystic falls.


ATENÇÃO: A Trama deve ter no minimo 10 linhas para ser aceita!

OBS Se você e seus amigos compartilham da mesma trama, não é necessário todos enviarem a trama, apenas um é o suficiente.

A MP que será enviada devera ter a seguinte estrutura:

Nome da MP: Sub-Trama - "De um nome a sua trama"

1 - Quem faz parte dessa trama?
2 - Trama:



A baixo seguem as nossas
Sub-Tramas.  


Última edição por The Evil Witch em Sex 30 Maio 2014 - 18:48, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpg-vampire-diaries.forumeiros.com

Ex Staff
avatar
Nome de Usuário:
Sra. Momsen

Criador: : DEUS ;)
Mensagens : 357
Dólares Dólares : 9880
Data de inscrição : 06/01/2013
Localização : Na cama com Jared Padalecki, Matt Davis, Steven McQueen. ~LikeaMenageSúbito!

Ficha Mística
Pertences:
Poderes:
Barra de Conduta:
10/10  (10/10)

MensagemAssunto: Re: Sub-Tramas Dom 3 Fev 2013 - 18:56













Vinganças Passadas

By: Alex Summers




~Sonho~


Um lugar escuro, apenas uma brecha de luz, sim, um foco cujo mostrava que ali era a saída, os passos derrotados do mesmo eram tão fracos que parecia impossível chegar lá, então sentindo algo tocar seu tornozelo Alex olha para trás, uma pessoa pedia ajuda, alguém que dizia:

- Vingan...vampiros...nos liberte..

Os olhos assutados de Alex o deixava em pânico, ele estava em pânico, que buraco era aquele, quem era aquela pessoa que pedia ajuda, tentava tirar aquela pessoa que o prendia, ao se virar o foco de luz havia sumido, estava de noite, então ao longe viu um clarão, era labaredas de fogo surgindo cada vez mais perto, gritos agonizantes, até que sentiu outro aperto e agora era no seu pescoço...

- Nos ajude!

Os olhos abriam, o suor domava seu rosto e seu corpo estava trêmulo, novamente aquele pesadelo, as mesmas pessoas, o que elas queriam, o que na verdade ele teria que fazer ?


---------------------------------------------------//---------------------------------------------------

Após dias de estudo, Alex descobriu que descendentes dele haviam morrido em um túnel que fora lacrado por uma enorme rocha, logo em seguida haviam posto fogo naquele túnel, mas quem havia feito aquilo? Quem foram os culpados por aquilo? Sabia que agora seus familiares queriam a liberdade de seus espíritos daquele túnel, daquela caverna assombrosa e para isso teria de descobrir quem foi o culpado ou os culpados pelo aprisionamento das almas deles. Sua avó tinha comentado sobre uma emboscada com seus ascendentes, mas não sabia que aquilo o afetaria e agora eles estava pedindo por socorro.

Em uma noite enquanto estava no computador procurando mais sobre o tal assunto viu em uma busca mais apurada que aquele fato ficou conhecido como "Matança da liberdade", eles haviam aprisionado bruxos e seus parentes para poderem se libertar do mal que havia aparecido na cidade, vampiros..

Mexendo mais a fundo viu que dois grupos foram feitos para matar os feiticeiros, duas famílias conhecidas..Família Petrova, família Greeley.

Se levantava da cadeira e ia até sua biblioteca particular, entrava em uma sala fechada com um feitiço ensinado por sua avó para proteger os grimórios da família, pegava um mais antigo contendo escritas em latim que mostravam feitiços poderosos, não sabia porque, mas sentiu que ali iria achar algo que tivesse ligação.

Os dedos passeavam pelas folhas um pouco desgastadas enquanto ele lia histórias e feitiços até cair na cova dos feiticeiros, aquele foi o nome dado por seu tataravô, o único sobrevivente da tal matança.

" Eles provocaram a própria guerra, são seres frios e calculistas, não se pode confiar neles..."

Pausou por um momento enquanto tentava entender de quem ele falava, até que mais em baixo descobriu.

"...pediram ajuda para serem invisíveis diante aos olhos dos humanos, mas na verdade queriam nos cegar sobre seu verdadeiro plano."

Vampiros, eles haviam pedido ajuda e depois havia traído a confiança deles e tiveram armado a tal armadilha, mas para prender aqueles bruxos só sendo um mais forte, mas quem ?

Depois de mais algumas semanas Alex sabia que teria que se entrosar de forma cautelosa no mundo dos vampiros, tinha que poder saber cada passo das descendentes dessas famílias, Katherine Petrova e Megan Greeley, já havia estudado cada passo delas, mas precisava saber mais, os pesadelos haviam cessado e agora eram sonhos que mostravam como ele poderia seguir por essa vingança, na verdade elas eram as chaves de libertação das almas de seus antepassados.

No meio de sua jornada conheceu Anna Zimmermann, era uma vampira também, porém para ele se infiltrar melhor tivera que conhecer uma da espécie, contou sua história e ela resolveu ajudar, em troca eles fizeram um pacto, ele tinha que protegê-la a qualquer custo, feito isso ela começou a seguir os passos das vampiras, só que ele havia descoberto outra coisa, para poder libertar as almas ele teria de ter sangue das três raças sobrenaturais criados pela natureza, Lobo representando a espécia da natureza da terra, as das duas vampiras representando a natureza das trevas e também as das famílias traidoras e um híbrido representando a junção das duas espécies assim podendo fazer o feitiço de libertação, não sabendo como encontrar um híbrido e um lobo ele acabou apelando para uma investigadora, Ariel Lloyd, era a única que conhecia naquela cidade, eis ai começando a dar início à uma caçada por libertação e vingança já que ele estava disposto a matar as duas vampiras...






danke ♣
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.vampirediariesoriginal.org/forum

Ex Staff
avatar
Nome de Usuário:
Sra. Momsen

Criador: : DEUS ;)
Mensagens : 357
Dólares Dólares : 9880
Data de inscrição : 06/01/2013
Localização : Na cama com Jared Padalecki, Matt Davis, Steven McQueen. ~LikeaMenageSúbito!

Ficha Mística
Pertences:
Poderes:
Barra de Conduta:
10/10  (10/10)

MensagemAssunto: Re: Sub-Tramas Sex 19 Abr 2013 - 23:07






dead memories, desires alive



"Quando se é uma lebre, só há um jeito de sair vivo de um ninho de cobras: sendo uma víbora pior do que todas elas."





[Chicago, EUA]

Estava situada no acostamento de um bar nórdico, persuadindo meu próprio paladar ao degustar a grande variedade de cafeínas do estabelecimento. O inverno assolava a grande metrópole e sempre considerei essa atmosfera muitíssimo agradável. Meu estava em constante trabalho manual, fazendo a caneta preta riscar um rascunho inacabado diversas vezes.


- Belo lugar para um encontro. – uma voz masculina palpitou atrás de mim. Inclinei o pescoço na tentativa de identificá-la, mas o homem já estava ao meu lado, simulando entreter-se com notícias de um jornal da semana passada.


- Chicago não é assim tão ruim. – Só quando defrontou o queixo pude reconhecê-lo. Era Mark. Por sinal, em bom estado para sua idade. Empurrei a xícara com o indicador, correndo-a lateralmente até o contorno do convidado. – Sugestiva a sua aparição por aqui. – ele sorriu. Pareceu um tanto quanto ordinário. – Não preciso explicar, então. – afirmou. Realmente, não precisava.


- Já sei a proposta. Inclusive, posso respondê-lo agora. – correspondi à feição sorridente com uma pontada de cinismo. – Por favor, responda. – o vi suspender a xícara perante os lábios, provando do capuccino. – Você já sabe o meu preço. – soei ríspida. Não quis parecer difícil de lidar.


- Nós já conversamos sobre isso, querida... Seu irmão não era Sobrenatural, portanto, ele não está no Outro Lado. Por mais contraditório que possa parecer, trazê-lo ao mundo dos vivos é mais complexo. – cada palavra dessa frase foi o suficiente para dilacerar minha alma. Eu só queria ver Lucca novamente, poder acolhê-lo como uma irmã mais deveria fazer.


Lágrimas fervilharam em meu rosto. Refreei o olhar, afagando a têmpora com o dorso da mão. Apenas focadas em abandonar aquela expressão triste, a retina inflamou.


No momento em que aterrissei a realidade, Mark já estava próximo de mim, dessecando a trilha de lágrimas na bochecha. – Eu não disse que é impossível. Tudo depende de seu êxito. – sussurrava em meu ouvido.


Estremeci em meio a soluços. – Certo, eu farei. – a voz saiu, sim. Porém, abatida. – Não me decepcione. – pressionou meu queixo e o empinou, abrangendo-nos num breve contato visual. Sem mais questionamentos, despediu-se em passos rígidos, os quais me intrigaram.

[Nova Orleans, EUA]


Sozinha na noite. As estrelas recheavam o céu, que por si só já estava deslumbrante graças à harmonia lunar. Uma gélida brisa noturna provocou calafrios em minhas pernas despidas. Estreitei o casaco xadrez na superfície da pele, a fim de manter a temperatura atual. Prossegui o percurso, apressando-me até cruzar o arco metálico do cemitério local.


Tudo assimilava um filme de terror. O ambiente, ruídos animalescos... Meu par de botas passou a ficar desconfortável com o solo plano. Conforme caminhava, folhas disseminadas farfalhavam.


Avistei um casebre de aparência antiquada. Composto por madeira gasta, teias de aranha o revestiam, complicando ainda mais meu avanço. Toquei a porta com o pulso. Posso jurar que a pressão foi mínima, embora suficiente para extirpar lascas da madeira. Ela magicamente eclodiu, liberando a ala de passagem.


- Caham. – pigarreei. Uma velha estava ao fundo, submersa pela penumbra da saleta escura. Consumia o que parecia ser uma sopa, fisgando-me o olhar não tão convidativo. Sua pele de oliva era inteiramente coberta por rugas e isso a tornava ainda mais intimidante.


- Olá... – o timbre falhou. – Vim buscar a encomenda de Mark Slaint. – ela retorceu o nariz no exato momento em que citei ‘’Slaint’’. Genética maldita. A vi vasculhar um amontoado de caixotes, até encontrar uma canastra reluzente. Reconheci o ouro e as safiras que a adornavam. No centro do lacre, uma depressão.


A idosa manteve-se em silêncio absoluto. Decifrei a situação ao me lembrar do último encontro com Mark. Do bolso interno do sobretudo, saquei um frasco cristalino, preenchido por pigmentações avermelhadas. Declinei a mão, derramando o líquido na fissura da relíquia. Sangue da linhagem Slaint. De acordo com seu doador, a única chave possível ao baú.


- É isso. Obrigada. – resguardei o livro num abraço. Os parâmetros da quietude continuavam os mesmos. Mais uma vez, quando atravessei as criptas do cemitério, percebi o clima tenso e macabro invadir a mente.
Eu estava ciente no que estava me envolvendo. Acima disso, com quem estava me envolvendo. Quando se é uma lebre, só há um jeito de sair vivo de um ninho de cobras: sendo uma víbora pior do que todas elas.





POR: ALICE, SOLOMON & TRUDIE


Spoiler:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.vampirediariesoriginal.org/forum

Administração
avatar
Nome de Usuário:
Kéfera

Linhagem : [-]
Criador: : A Dama e o Vagabundo
Mensagens : 77
Dólares Dólares : 5911
Data de inscrição : 14/06/2015
Localização : Na Cama Com o Primo. ahueahue

Ficha Mística
Pertences:
Poderes:
Barra de Conduta:
10/10  (10/10)

MensagemAssunto: Re: Sub-Tramas Sab 19 Dez 2015 - 0:48









O primeiro clã de bruxaria que formou-se no espaço geográfico em que hoje concentra-se a cidadela de Mystic Falls teve seus primórdios há mais de mil anos, na Era Vicking, tendo como único objetivo reunir o crème de la crème das servas da natureza locais para que estas pudessem, juntas, desenvolver suas habilidades até a maestria, cumprindo com a árdua tarefa que os espíritos ancestrais lhes designaram e, mais ainda, para que as magistas pudessem proteger uma a outra com suas próprias vidas.
 
Aos poucos, alguns destes valores acabaram se perdendo, mas um, em especial, o último deles supracitado, permaneceu e resistiu fortemente, até o fim da linhagem do conciliábulo, cujo desfalecimento deu-se após o sumiço de Juditte Wickham do vilarejo em questão, que partiu sem olhar para trás para um outro lugar mais seguro, onde poderia tocar a sua vida e esquecer os acontecimentos traumáticos que ocorreram em seu passado sombrio.
 
Assim, a alta cúpula da feitiçaria que outrora dominava por completo o povoado em que habitavam teve seu fim antecipado, deixando toda a área à mercê daqueles que ali continuaram a residir, mais tarde apossando-se do controle até sua progressão estarrecedora com o passar dos séculos, quando sistema estadunidense nasceu juntamente com o município como é conhecido hoje em dia, subjugado aos padrões da nação mais poderosa do mundo – em todos os sentidos.
 
Quando a bruxa imortal resolveu retornar ao seu berço em razão do despertar inesperado de suas crias, decidiu que era melhor identificar e conhecer àquelas que detinham de dons semelhantes aos teus em ascensão completa ou quase finda. Precisava saber quem eram seus possíveis inimigos e, mais ainda, como faria para lidar com cada um destes.
 
Nos dias que seguiram-se, Juditte observou cuidadosamente grande parte das bruxas da cidade, visando conhecê-las, estudando-as. Espionou uma a uma discretamente, seguindo-as e vigiando-as de perto para ver como agiam diante de determinadas situações e também como era a situação espiritual de cada uma. Colheu o máximo de informações possíveis até tomar a decisão de retornar com a agremiação que outrora presidira, ajudando a outras garotas e mulheres com talentos excepcionais de diversas formas. Proteção, evolução e tudo mais que fosse preciso.
 
Já tendo todo o poder que precisava, preferiu focar-se desta vez em feiticeiras novatas. Não só porque os rumos de sua magia ainda estavam começando a ser trilhados, mas também porque o débito de cada uma delas com os espíritos superiores era consideravelmente menor, o que era um benefício a ser salientado.
 
Uma a uma, convenceu Thea HwangGabriela HolbrookAbigail RossweiseSamantha Vendramini Pylae e Sophie De La Barthe, respectivamente, a unirem-se a si, trazendo de volta os costumes que antes eram mantidos por ela e suas aliadas agora já vencidas pelo tempo e, consequentemente, pela morte. Outras viriam a se juntar, provavelmente, mais tarde. Seu covil, de magnitudes estarrecedoramente grandes, voltou a ter uma utilidade. Depois da reforma que fora realizada, estava preparado para receber todas as seis garotas com todo o conforto, luxo e proteção possíveis. Aquilo era o início de um novo clã.
                                    
“We are the granddaughters of all the witches that you could not burn”


Participantes:
 









BITCH iS BITCH


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário


Nome de Usuário:
Conteúdo patrocinado


MensagemAssunto: Re: Sub-Tramas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sub-Tramas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 1

Tópicos similares

-
» [TRAMA] Animal Sagrado
» Tramas dos Personagens

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampires Diaries RPG :: Lixo-