Vampires Diaries RPG
Se perca em um mundo desconhecido, cheio de mistérios, magias e perigos. Uma pacata cidade que esconde em suas avenidas histórias inimagináveis. Onde a morte, que outrora era a única certeza da vida, se torna tão duvidosa quanto os pensamentos distintos que todos escondem em seu subconsciente. Seres sobrenaturais vagam naturalmente no meio dos humanos, em uma rotina nada normal. E segredos são descobertos a cada instante.
Venha conhecer a cidade mais surreal dos Estados Unidos, Mystic Falls.

Vampires Diaries RPG


 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
A partir de agora, os Lobos evoluem de forma igual aos Vampiros, através de posts! CLIQUE AQUI
Seja bem-vindo(a), Convidado.
O MYSTIC NEWS está de volta! Se atualize!! ACESSE

Compartilhe|

Alexander Pride

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
AutorMensagem

Desativados
avatar
Nome de Usuário:
Alexander Pride

Linhagem : [-]
Mensagens : 99
Dólares Dólares : 7196
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 29

Ficha Mística
Pertences:
Poderes:
Barra de Conduta:
10/10  (10/10)

MensagemAssunto: Alexander Pride Sab 16 Nov 2013 - 22:48

Missões

Encontro


Eram oito horas da manhã e nada da chegada de Nick, o que de fato ele queria comigo em um local como estes? Em uma ruína de uma mansão na floresta? Olhando para o relógio e nada de mensagem ou ligação dele. A ruína da mansão era estranha, um ar diferente continha no local, com grandes árvores. Comecei a andar pelo local, pegando algumas pedrinhas do chão e balançando-as na mão. –Nick só pode que quer me fazer de idiota, manda as pessoas encontrarem ele aqui e nada. Olhando para o chão, mas logo algo chama minha atenção um barulho parecido com um choro só que baixinho, era uma garotinha segurando uma cesta com rosas, só que elas não estavam mais vivas. Seus olhos eram vermelho profundo, sua feição macabra mais dócil e uma palpitada no coração me deu. Adorava crianças e não gostava de ver elas triste, até mesmo essa garotinha que parecia uma criança perdida, mas talvez fosse isso. Chegando perto dela, olhando em seus olhos tirando um lenço do meu bolso e passando nas lagrimas que ali continham. –Por que choras criança? Dando um suspiro enquanto continuava passando o lenço em seu rosto. –Eu me perdi dos meus irmãos, eu estava colhendo umas plantas. Chorando ainda mais, seus olhos continham uma perversidade seguida por fúria mais mesmo assim me tocava o coração. –Não chores garotinha, tio Alex está aqui eu posso ajudar em algo? Olhando em seus olhos sorrindo passando confiança a ela. –Sim, você pode me ajudar a encontrar meus irmãos eu não sei o caminho e tenho medo. Levantando-me pegando em sua frágil mão, delicada e fria. –Claro que sim, vamos eu te levo ai você olha e tenta lembrar de algo. Ela olhou para mim e acenou, seguindo seus passos começamos a caminhar eu olhava para cada lado para ver se nada estava fora anormal, já que ela parecia ser assim sua voz retorcida talvez em algum tipo de possessão mais não tinha medo. Ela reparava em cada canto e eu junto, sua outra mão se encontrava ocupada com o cesto mais tinha uma rapidez enorme. O cheiro de várias plantas começavam a eclodir de longe, era tipo como se fosse uma plantação de várias rosas ao mesmo tempo, algumas vozes gritavam alto o nome de alguém e parecia ser ela. –Você está ouvindo, são meus irmãos me procurando. Logo dou um sorriso e acompanhando ela vendo três figuras lá na frente perto de uma cabana simples mais toda enfeitada com rosas, um garoto e duas garotas que ao avistarem a menina vão ao seu encontro, mas parando no caminho me analisando de cima a baixo. –Ele é bom, me ajudou a encontrar vocês. Sua voz retorcida iluminou os olhos dos outros e com um grande abraço eles terminaram.
 
Entrega
 
 
As crianças olharam para mim com um sorriso no rosto, o garoto com uma bermuda com uma camisa regata e uma chinela preta, as meninas cada uma com um vestido de cores diferentes uma com um azul, a outra de vermelho e a que se encontravam comigo de verde, calçadas com um sapato da mesma cor dos vestidos com meias brancas. Os quatros se viraram e começavam a falar baixinho, ruídos diferentes se virando todos juntos e a que eu tinha salvado se encontrava com uma rosa na mão. –Tome, por favor, cheire ela que fará bem a você. Pegando a rosa sorrindo. –Muito obrigado. Mais estava um tanto encabulado, não saberia o que a rosa murcha continha mais elas me olhavam com toda esperança e para não causar desfeita levo a rosa a meu nariz inalando o cheiro que era agradável, olhando para elas novamente inalando novamente até sentir uma leve tontura em mim e ao ver as crianças haviam desaparecido, virando-me ainda segurando a rosa começo a caminhar de volta para esperar Nick mais a rosa logo virou pó, deixando minha mão vazia novamente.



+
I'm a sexy witch...Care may be his undoing me..



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Alexander Pride

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 1

Tópicos similares

-
» ola , eu sou Pride
» Le galeria ~ Zoey
» Kit - firestell
» Red Windduster
» Alex Young/Alexander Romanov - Ravnos/Ventrue - Camarilla

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampires Diaries RPG :: ------------- :: Criança Perdida-