Vampires Diaries RPG
Se perca em um mundo desconhecido, cheio de mistérios, magias e perigos. Uma pacata cidade que esconde em suas avenidas histórias inimagináveis. Onde a morte, que outrora era a única certeza da vida, se torna tão duvidosa quanto os pensamentos distintos que todos escondem em seu subconsciente. Seres sobrenaturais vagam naturalmente no meio dos humanos, em uma rotina nada normal. E segredos são descobertos a cada instante.
Venha conhecer a cidade mais surreal dos Estados Unidos, Mystic Falls.

Vampires Diaries RPG


 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
A partir de agora, os Lobos evoluem de forma igual aos Vampiros, através de posts! CLIQUE AQUI
Seja bem-vindo(a), Convidado.
O MYSTIC NEWS está de volta! Se atualize!! ACESSE

Compartilhe|

Victor Cavendish Blakc'z

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
AutorMensagem

Vampiros
avatar
Nome de Usuário:
Victor Cavendish Blakc'z

Linhagem : Rebekah Mikaelson
Criador: : Rebekah Mikaelson
Mensagens : 71
Dólares Dólares : 7558
Data de inscrição : 10/11/2013
Idade : 811
Localização : Então, tu vai seguir pela estradinha do País das Maravilhas, que vai dar em Hogwarts, daí você procura pelo Morango Falante, que vai lhe dar um endereço, onde você vai chegar num país de Fogo, atravessar a Cornucópia e chegar na Terra do Nunca, onde o Peter Pan vai dizer que eu não estou lá.

Ficha Mística
Pertences:
Poderes:
Barra de Conduta:
10/10  (10/10)

MensagemAssunto: Victor Cavendish Blakc'z Seg 18 Nov 2013 - 22:23

Missões


Encontro:

"Ninguém está livre dos espíritos."
Estava andando por entre a floresta. Meu dia havia sido muito chato, e já era quase noite, o sol já esta se escondendo de mim, era como se até mesmo o astro soubesse oque eu era, oque eu fiz. Nesse meu caminhar senti um cheiro estranho, como de Necromancer, eu já havia visto algumas delas há séculos atras. São seres horríveis, cruéis, é como se elas fossem seres mortos, já que é isso que elas fazem, retiram seu poder dos mortos, algumas Necromancer poderosas podiam possuir corpos vivos para poder completar vingança,ou apenas sair do mundo dos mortos.

Procurei encontrar o dono ou dona do cheiro, usei minha velocidade para encontrar, em fim apos muito procurar, encontrei, não bem oque pensei que encontraria.... uma criança, sim, uma criança meus pensamentos se espalharam por minha cabeça, não sabia se ela era apenas um órfão ou era realmente um ser possuído, quando pude ver seu rosto - até o momento apenas tinha visto de costas - minhas dúvidas poderão -se assim posso dizer - se confirmar, realmente ou ela era uma Necromancer estabilizada em um corpo de criança, ou era um iniciante de Necromancer, com tudo não quis saber, já ia indo embora quando ela pode falar com uma tanto que retorcida  ~Espere, estou com medo, com fome, e desejo reencontrar minha família.  Eu então voltei-me para ela, e consegui ver seus olhos cor sangue, seu rosto era de um monstro, ela tentava ser agradável, mas era possível ver as marcas de ódio, raiva, ou mesmo temor que era expelida por suas ações.Quando finalmente consegui falar depois de tanto observar -Entendo, já passei por momentos iguais, bem, não iguais. Nesse momento quis saber mais sobre ela, então voltei a falar -Como chegou aqui? Ela olhou para cima, encontrou meus olhos e respondeu, tentando ser serena e amigável ~Me pedir dos meus irmão enquanto procurava algumas plantas. Quando ela falou, meu primeiro pensamento irônico do dia "Plantas não, veneno, com um cheiro desses." Ela voltou a olhar pra mim e continuou ~Leve-me até minha casa, por favor. Prometo ser grata e lhe recompensar
Entrega


Mesmo sendo o mostro que parecia ser queria ajudar, ou não,era como se não tivesse muita escolha, e então disse que ajudaria a encontrar seus irmãos, perguntei pra onde poderíamos começar, ela mostrou o caminho. Ao longo de 5 minutos, ouvi sua barriga gritas de fome, passei a mão no bolso e encontrei umas duas barras de cereais que havia colocado para "matar aquela fome", dei a ela, ela comeu muito delicadamente, disse que não precisava de modos, podia como normal, ela sorriu para mim, e mordeu o cereal como se não houvesse amanhã, perguntei se estávamos perto, ela disse que sim. Entramos num tipo de pântano, nesse momento senti algumas sensações estranhas, liguei todos meus sentidos, percebi algo atras de nós, me abaixei e disse em seu ouvido -Não corra, nem grite, espere-me aqui. Me tornei em um borrão cinza, desaparecendo. Encontrei um humano, ele havia nós seguidos, antes que ele pudesse falar algo agarrei-o e levei até onde estava a criança. Olhei para ela segurando na cabeça do homem - o que encontrei nós seguindo - e perguntei -Conhece-o? Ela olhou para mim e disse ~Não. Olhei para ele e perguntei porque havia nós seguido, ele não falou nada, como se não tivesse escutado. Olhei novamente para a criança, e disse para se virar e tampar os ouvidos, então ela fez. Olhei nos olhos dele e usei a hipnose para ele falar. Consegui nada como resposta, mordi sua mão, havia verbena em seu organismo. Então disse em seu ouvido em um tom baixo, assim impedindo que a criança ouvisse -Já que não fala, não serve pra nada. Joguei-a no meio do lago. Quando ouviu o barulho, a criança voltou-se pra mim, perguntando cadê o homem, disse que foi embora, e observei a fundano no lago. Perguntei se estávamos perto, ela disse que sim. Andamos mais uns minutos e chegamos a uma casa muito simples, mas com várias ervas, pantas, animais etc. Olhei para ela e disse que era ali que ia deixar, ela me abraçou, eu já ia saindo quando ela falou ~Sua recompensa, tome essa rosa, você deve inalar todo seu aroma, assim vai ganhar...bem você vai descobrir. Ela foi em direção a casa, eu peguei a rosa, e fiz oque ela disse, inalei todo o aroma até que não sentia mais cheiro nenhum, senti um pouco de tontura, mas voltei a si em segundos, joguei a rosa fora. Assim que não consegui mais ver a criança,era como se tivesse saído de um transe, usei minha velocidade e desaparecei de lá. Quando cheguei próximo de onde havia encontrado ela, não lembrava mais de onde era o lugar, apenas sabia que tinha ido, mas não lembrava o caminho. Voltei para o centro da cidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Victor Cavendish Blakc'z

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 1

Tópicos similares

-
» Victor - Victorius - Tremere
» Ágatha Victor - Ventrue
» ✓ Ficha de Victor Manzini
» [BOX] Victor Goth
» [ROTA 1] Riugo Cavendish

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampires Diaries RPG :: ------------- :: Criança Perdida-